Portal do Governo Brasileiro

 


Link acesso a Informação Link Facebook Link Instagram  Link Twiter

Reitora do IFSertãoPE e reitor do IFPE irão debater proposta de reordenamento das instituições da Rede Federal em Pernambuco

Nesta quinta-feira (9), a reitora do Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IFSertãoPE), Leopoldina Veras, participará de uma transmissão ao vivo juntamente com o reitor do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), José Carlos de Sá, para debater a proposta de reordenamento dos institutos federais, apresentada recentemente pelo Ministério da Educação (MEC), em Brasília. O evento será transmitido pelo canal oficial do IFPE no Youtube e terá início às 16h.

Conforme o projeto apresentado pelo MEC, não está prevista a implantação de novos campi ou de mais vagas para estudantes, apenas a divisão de algumas instituições da Rede Federal e a consequente redistribuição dos campi já existentes, como é o caso do IFPE. Caso a proposta se concretize, o estado de Pernambuco passará a contar com mais um instituto federal, estabelecendo, na prática, um novo arranjo para os atuais campi do IFPE e, em menor proporção, do IFSertãoPE.

Na última segunda-feira (6), o IFSertãoPE deu início a uma série de diálogos sobre a temática, visando debater com toda a comunidade acadêmica a proposta lançada pelo MEC, uma vez que esta sugere, entre outras mudanças, a incorporação de mais um campus pela instituição. Após a rodada de diálogos e esclarecimentos, que prosseguirá até quinta-feira (9), a proposta será submetida à apreciação do Conselho Superior (Consup) ainda este mês. 

A proposta

Desde a criação da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, em dezembro de 2008, o estado de Pernambuco possui dois institutos federais, cada um dos quais com a sua própria sede administrativa (reitoria): o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IFSertãoPE) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE). Hoje, o IFSertãoPE possui sete campi, localizados nos municípios de Floresta, Ouricuri, Petrolina (com duas unidades), Salgueiro, Santa Maria da Boa Vista e Serra Talhada, enquanto o IFPE conta com 16 campi, distribuídos entre os municípios de Abreu e Lima, Afogados da Ingazeira, Barreiros, Belo Jardim, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Garanhuns, Igarassu, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Palmares, Paulista, Pesqueira, Recife e Vitória de Santo Antão.

A proposta do MEC, no entanto, sugere a divisão do atual IFPE para a criação de um terceiro instituto, dando origem ao Instituto Federal do Agreste de Pernambuco (IF Agreste-PE), por meio da redistribuição dos campi já existentes. Com isso, os campi Belo Jardim, Barreiros, Caruaru, Garanhuns, Palmares, Pesqueira e Vitória de Santo Antão passariam a integrar o IF Agreste-PE, enquanto o campus Afogados da Ingazeira seria incorporado pelo IFSertãoPE. Dessa forma, o IFPE ficaria apenas com os oito campi da região metropolitana do estado: Abreu e Lima, Cabo de Santo Agostinho, Igarassu, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Paulista e Recife.

Reitoria

 

    • Rua Aristarco Lopes, 240 - Centro
      CEP: 56302-100 | Petrolina/PE - Brasil
    • comunicacao@ifsertao-pe.edu.br
    • (87) 2101-2350